27 de fev de 2011

Prêmio Ivo Rodrigues: uma noite pra ficar na história


A entrega do primeiro Prêmio Ivo Rodrigues já pode ser considerado um marco para a cena metal curitibana. Aproximadamente 500 pessoas entre músicos, fãs das bandas, produtores e imprensa estiveram no Auditório do Largo, ontem (26), para prestigiar o evento. Organizado pelo Arquivo Metal CWB, com apoio da Rock Brigade, Curitiba Underground, Tornhate Records, GM Press e X-Press On e Base CWB, o prêmio mobilizou mais de 817 votos do público, sendo 6 de jurados especializados, que conhecem a cena. Conforme previa o regulamento, o voto da maioria do público seria contabilizado como o do sétimo jurado.

Na primeira parte do prêmio, uma homenagem foi prestada à Ivo Rodrigues, que completaria 62 anos neste dia 28. O vídeo “Voz disfarçada de gente” foi apresentado em um telão montado no palco. Nele, imagens da banda Blindagem e do próprio Ivo são intercaladas com a voz do cantor ao fundo. Em seguida, a banda Magaivers, a qual tem como baterista Ivan, filho de Ivo, executou músicas do Blindagem. “Muito obrigado por esta homenagem, eu só tenho a agradecer”, declarou Ivan, no palco, ainda emocionado.

Apresentada por Vito Cuneo e Nadia Gritte, a premiação trouxe 5 indicados em 10 categorias diferentes, sendo que concorriam apenas bandas de música própria da região de Curitiba. O grande vencedor da noite, escolhida como melhor banda em 2010, foi o Necropsya. Os integrantes não puderam comparecer, pois estavam tocando no mesmo dia, em Santa Catarina. “Dói perder um evento desse naipe visto que unir a cena é sempre do caralho!”, declararam.

Além do título, a banda também ganhou uma tatuagem do estúdio El Cuervo e todos os vencedores nas demais categorias entrarão em uma coletânea virtual a ser elaborada pela Tornhate Records. Uma entrevista também já está agendada, com as revistas Rock Brigade e Curitiba Underground. A divulgação nos sites especializados também está garantida.

Gostaríamos de oferecer muito mais para as bandas, mas a grana tava curta”, explicou Vito Cuneo, um dos organizadores.

Para Marcelus, da banda Motorocker, que venceu na categoria melhor vocalista e melhor presença de palco, a iniciativa é uma das melhores coisas que aconteceram ultimamente. “O pessoal que organizou o prêmio está de parabéns. Era isso que estava faltando aqui para nossa cena crescer mais”, afirmou o frontman.

Rafahell, do Imperious Malevolence, que concorreu na categoria melhor banda, também fez elogios. “Espero que o prêmio seja anual, porque a tendência é crescer e nossa cena aparecer mais com um evento desses”.

Ao final, após a entrega dos certificados, as bandas Brave Heart e A Tribute To The Plague subiram ao palco para fazer a festa da premiação.

Vencedores:
  • Melhor banda: Necropsya
  • Melhor CD: Macabre Rampages and Splatter Savages (Offal)
  • Melhor música: Afforddiction (Krucipha)
  • Melhor blog/myspace/site: Semblant
  • Melhor presença de palco/show: Motorocker
  • Melhor baterrista: Eduardo “Duda” Tobe (Offal e ex-Unblemished)
  • Melhor guitarrista: Samuel Ebel Braga (ex-Unblemished)
  • Melhor vocalista: Marcelus (Motorocker)
  • Melhor baixista: Emerson Niederauer (Terrorscream)
  • Melhor tecladista: Ronaldo Junior (Dark Symphony)

4 comentários:

Samuel disse...

valeu galera!!!!

Clovis disse...

Parabéns pelo evento, foi realmente legal! Muito legal, eu diria. Pena perder as bandas depois, mas são ossos do ofício heehehe Saudações!

robsonmaiocchi disse...

Como sempre, não poderia deixar de dizer: orgulho de fazer parte da equipe Arquivo Metal CWB! Tudo correu muito bem. Muito obrigado ao público que compareceu também!

Anônimo disse...

De nada! hihihi s5

Postar um comentário