16 de fev de 2011

Entrevista: Ponto 50


Para começar 2011 à todo o vapor, escolhemos uma banda que representa bem essa metáfora, Ponto 50 vem aquecendo a cidade de Curitiba com seu Stoner Rock, principalmente com musicas próprias. Confira nosso papo.

VC - Primeiramente quero agradecer a participação do baixista Fute da banda Ponto 50, com a entrevista para o Blog Arquivo Metal CWB. Para começar, conte um pouco sobre a história da banda?


Fute: Também gostaria de agradecer a galera do Arquivo Metal CWB por convidar a .50 para além de divulgar, participar da história do Blog. A banda surgiu em 2007, quando eu convidei o guitarrista Marcos e o antigo baterista Anderson (que já saiu da banda) para formar um projeto mais ou menos stoner (não gosto de colocação de rótulos em som). A coisa mais difícil foi colocar o nome, pois como nosso som é em português, tinha que ser um nome na mesma língua, senão fica bizarro. Mas nada combinava, tudo soava estranho, nisso pensamos no armamento .50 que além de ser antiaéreo é contra tanque. Mas nossa banda não tem esse nome por motivos de ser a favor de armamentos bélicos, o motivo da gente colocar o nome é: "somos tão ignorantes quanto uma .50!!!"

VC - Ponto 50 é uma banda relativamente nova na cidade, e vocês estão voltados para composições próprias, em português e no estilo stoner rock. Pra quem não conhece, aquele rock meio country do Black Label Society. Portanto, como foi o processo de busca dos integrantes, e baseado em que?


Fute: Então, em meados de 2006 eu sai da minha antiga banda INTRIBE, com isso fiquei quase 1 ano parado. Nesse tempo, comecei a me influenciar bastante por bandas como DOWN, BLACK LABEL SOCIETY, etc. Nisso tive uma idéia de que não precisava ir para fora pra ser reconhecido, basta cantar em português.

Mas a maioria das bandas que eu escutava que eram em português o som da voz não casava com o instrumental "rock", com isso pesquisei linhas de vocais com fonéticas "texanas", como Down,
Metallica, Black Label e até Pearl Jam. Então comecei a elaborar letras em português mas cantando com a fonética gringa, com isso o vocal casou melhor com o instrumental.

Em questão do estilo, o stoner é um hard rock anos 70 com pitadas modernas de grunge e outras
influencias. Isso faz com que o pessoal mais "oldschool" e o a nova geração goste, pois tem pitadas de som de várias épocas!!! Mas nós não nos prendemos a rótulos, porque o que tocamos mesmo é "ROCK PAULEIRA" no melhor estilo bagaceira!!!!

VC – Interessante cara, eu já vi alguns shows e não imaginava isso. Então, eu já me precipitei, mas para o nosso publico quero que você mesmo responda. Fale mais das influências e como vocês definem o som da banda?

Fute: Ultimamente estamos com bastante influencias, posso separar por partes: no vocal bandas como: Lynyrd Skynyrd, Metallica, Motorhead, Zakk Wylde Pride&Glory, Down e um pouco de Audioslave. No baixo minhas influências são: Metallica antigo, Motorhead, Black Sabbath, Rage Against the Machine, Deep Purple. Na guitarra são: Joe Bonamassa, ZZ Top, Zakk Wylde, Lynyrd Skynyrd, Motorhead, Stevie Ray Vaughan. E na bateria: Pantera, Motorhead, Black Sabbath, Metallica, Rush, Duran Duran, The Police, Echo & The Bunnyman.

VC - Quais temas a banda abrange em suas composições? Do que se tratam as letras?


Fute: As letras variam bastante, mas falam de sensações como viajar com uma Harley ou um opala ou de sentimentos e conquistas, mas todas com temas positivos.. tendo bastante energia!

VC - Acho bem interessante a idéia de cantar em português e a formação em powertrio. Mas também considero importante uma segunda guitarra para deixar o som mais cheio e não sobrecarregar o guitar, principalmente ao vivo. O que você acha disso? A formação esta fechada ou pode surgir mudanças em breve?

Fute: Eu espero q nunca, (risos) pois banda é igual um casamento, você precisa lidar com as pessoas e "aguentar" elas, em 3 a gente já discute,
imagina com mais. (?) Ao vivo a gente não perde tanto não, MOTORHEAD é melhor com 1 guita que com duas, o lance é botar distorção no baixo como eu faço, ai fica bem pesado. Outra vantagem é a passagem de som, é muito mais fácil e as frequências como são distintas de cada instrumento, não se embolam uma com a outra!

VC - Vocês usam o rock como profissão ou apenas diversão?


Fute: Levamos como profissão, mas ainda não nos rende a grana pra pagar as contas, mas a banda se paga, e isso é o mais importante na minha opinião, não tirar dinheiro do bolso! Como uma empresa, onde cada um tem sua função e tentamos levar tudo bem profissionalmente!

VC – Ponto 50, tem um bom suporte de mídia, através dos canais de relacionamento. Como vocês fazem a divulgação da banda?

Fute: Eu sou bem tradicionalista em questão di
sso, acho importante e básico ter uma divulgação no orkut, myspace e agora no twitter, mas o negocio mesmo pra divulgar é tocar, em tudo que é lugar!!! Assim você conquista mais espaço e a banda aparece mais!

VC - Então, aproveita e divulga os links do Twitter e Myspace, assim o publico pode começar a seguir e acompanhar a banda.

Fute: Ok, Myspace www.myspace.com/ponto50 e Twitter twitter.com/bandaponto50

VC - Como esta a agenda da banda? Qual será a próxima apresentação da banda ?

Fute: Vou postar as datas que temos até o momento!
18/2 MC Lebaras CWB
11/3 MC Lebaras CWB
8/4 MC Lebaras CWB
13/5 MC Lebaras
CWB
10/6 MC Lebaras CWB

Em breve mais datas!

VC - Como vocês vêem a cena Metal de Curitiba? Vocês acham que tem união ou ainda existe competição e rivalidade entre bandas?

Fute: Olha, na minha opinião, rivalidade tem em qualquer profissão, em questão de união, acho que não tem uma forte!!! Eu sigo a regra da seguinte forma, faça seu trabalho direito, tenha humildade e respeito pelas bandas, casas de shows, promoters, revistas, etc, e eles respectivamente por você! Acho que a união começa assim e o resto é consequência!

VC - Com as bandas de Curitiba, rola alguma parceria em shows e viagens? Quais bandas vocês tem mais contato?

Fute: Rola sim, parceria sempre é bom quando ambas as bandas saem ganhando da mesma, como também rolam parcerias entre bandas e bares. É sempre importante esse tipo de parceria, ajuda as duas partes a crescerem!

O que no começo pode ser pouco, mas com o tempo você vai conquistando mais publico, ganhando melhores cachês e consequentemente comprando melhores equipamentos, gravando cds, etc! A banda que sempre tivemos parceria é a RIFF RAFF V8, principalmente porque o Fabio (guitarrista solo) é meu conhecido desde 1999 que é quando comecei a tocar ao vivo por ai.

VC - Sobre as gravações da banda? Quais são os planos para 2011?

Fute: Então, agora em fevereiro, no maximo em março vamos começar a gravar no estúdio Clínica Pro, serão 10 faixas, sendo 9 elétricas e 1 acústica.

VC – O que podemos esperar desse material? Já tem previsão de lançamento?

Fute: Pretendemos lançar no aniversario da banda, que é no dia mundial do rock!!! Será lançado no BLOOD ROCK BAR e a entrada será um pouco mais cara, acompanhando o cd da banda de bônus para todos que forem no show.

VC - Chegamos ao final da entrevista, agradecemos muito a atenção e desejo sorte e sucesso com esse novo trabalho de vocês! Deixe suas ultimas considerações para os leitores do Arquivo Metal CWB, e contatos pra galera conhecer o som da banda!

Fute: Gostaria de agradecer à vocês do Arquivo Metal CWB, que estão ajudando bastante a movimentar a cultura rock da cidade, agradecer ao publico que sempre tem nos dado apoio e também ao BLOOD ROCK BAR pela parceria que além de nos ajudar, está rendendo frutos para ambas as partes!

Gostaria de dizer também paras bandas que estão começando, não desistam, no começo tem que vender ingresso, tocar por bera, ou pagar pra tocar, isso é normal desde que me conheço por gente. E isso é só uma pequena barreira que vocês vão passar, corram atrás das coisas, sejam, principalmente, humildes, tenham respeito por todos (publico, casas de show e outras bandas) e se profissionalizem o maximo possível! Tenho certeza que vão conquistar seu próprio espaço!
Para contato com a banda você pode falar pelo fone (41)30260277 ou por email montipaz@gmail.com que responderei o mais breve possível.

12 comentários:

Anônimo disse...

valeu galera do arquivo metal cwb pelo espaço de divulgação cedido a banda .50

thunder disse...

que massa!!!

parabéns ao blog pelo material, e parabéns aos amigos da .50 pela carreira e pela qualidade de sempre

grande abraço

thunder
KingSlayer

Tiago disse...

Ótima banda, parabéns, esperamos o cd.

Burn disse...

Otima entrevista e banda, desejo sucesso sempre a vcs

Elton disse...

A banda .50 tem um ótimo som para o pessoal q gosta de um rock classico, uma das melhores que ja ouvi com letras em portugues..

Víctor Malanski disse...

.50 é PESAAADOO!! Rock de muita qualidade!!!

Anônimo disse...

Confio nesses guri!!

highmind disse...

Massa, boa banda.

robsonmaiocchi disse...

Best interview ever!

Ana_Baldan disse...

Mto legal a entrevista.Sucesso p banda .50

bj

Vanessa disse...

Muito boa a entrevista ... a banda é ótima! sucesso pra vcs garotada! rs

Kathy disse...

aeeeeeeeeeeeeee Lu!!!! Muito massa!!!

Postar um comentário