11 de ago de 2010

Entrevista: O Thrash etílico do Alcoholic DC

Por Vito Cuneo

Para mudar a rotina de entrevistas, convidamos para o papo dessa semana a banda de Araucária Alcoholic DC. Os caras fazem um tradicional Thrash Metal e vêm ganhando espaço na cena metal da cidade. Mais uma vez conversamos sobre os planos da banda e sobre a cena metal. Confira.

Vito Cuneo: Primeiramente, obrigado ao Divon guitarrista do Alcoholic DC pela atenção com o Arquivo Metal CWB. A banda vem apresentando um Thrash metal de primeira, já tive varias oportunidades de conferir. Conte-nos como e quando a banda começou suas atividades, conte um pouco sobre a história do Alcoholic DC?
Divon: Antes de tudo, gostaria de agradecer à atenção do Arquivo Metal CWB. Bom, montamos a banda em 2005, éramos 4 amigos frustrados e com vontade de tocar, aí resolvemos marcar um ensaio para ver no que dava. Na época: Eu (guitarra), Celio (Baixo), Marcos (Batera) e Gleidson (Vocal), com esta formação fazíamos apenas alguns covers de Pantera só para entrosar o grupo, mas no andamento do percurso, o vocal decide deixar a banda por motivos pessoais (sick), e Anderson, que sempre acompanhou a banda, o substitui. Com um novo vocalista, seguimos em frente com a proposta de som próprio, aí que surge nosso primeiro som: The Living Dead. Em 2006 Anderson sofre um acidente (conforme descrito em nosso release do MySpace), deixando a banda parada até sua recuperação parcial. Quando o mesmo retornara ao seu posto, resolvemos incluir uma segunda guitarra, que ficou ao cargo do Celio e, em seguida, convidamos o Everton, que havíamos conhecido nos ensaios, a assumir o Baixo. Com esta formação, focamos totalmente no som próprio, aí vieram Alcoholic Supper, Routine of a Boozer, Holy Casino, Sacred Beverage, Imminent Holocaust, Alcoholic Nights e, recentemente, Beer Prayer.

VC: O nome Alcoholic é muito sugestivo. Quais são os temas da banda?
Divon: (Risos). Na época, escolher um nome para a banda foi um martírio. Decidimos escolher algo que haviamos em comum: o Álcool e o Metal. Aí optamos por Alcoholic. Mas para não termos problemas futuros, complementamos com o D.C. (em português mesmo, Depois de Cristo). Nas composições, as letras focam 2 temas, um deles é tudo aquilo que já passamos e curtimos, sendo: diversão, bebidas, farras, fiascos, e o outro; Anti-fanatismo religioso, como é o caso das músicas "The Living Dead", "Holy Casino" e "Imminent Holocaust" (esta última, relatando o caos que essas guerras religiosas irão transformar o mundo em que vivemos).


VC: Quais as influências da banda e como é o processo de composição?
Divon: Nossas influências rondam o Metal tradicional, Thrash, Black e Death clássicos. Não temos muita afinidade com o que tem surgido de uns anos para cá, coisa de época mesmo. As composições são feitas em estúdio mesmo, quando alguém tem uma idéia, já repassa aos demais para irmos trabalhando em cima, até o resultado final.

VC: Alcoholic Dc tem 5 anos de estrada. O que a banda produziu nesse período?
Divon: Gravamos uma Demo em 2007 chamada "Holy Casino". A gravação não ficou boa, mas foi o que podíamos fazer na época, no entanto, não resolvemos prensar, deixamos apenas no MySpace da banda.

VC: Mesmo sem uma gravação oficial, a banda tem seu espaço na cena metal. Na sua opinião, a que se deve isso?
Divon: Apoio do público e amigos, sem dúvida. A banda evoluiu muito na minha opinião, isso graças ao apoio de quem sempre estava lá em baixo, apoiando um trabalho honesto e também daqueles que nos deram espaço para tocar, confiando no som da banda.

VC: Mas, então, está nos planos da banda realizar alguma gravação? O que você pode nos adiantar?
Divon: Sim, estamos correndo atrás de uma nova gravação, mas estamos pesquisando ainda. 8 sons já estão cogitados e mais 1 em processo de composição, provavelmente estará no álbum. A arte gráfica ainda é surpresa e estamos decidindo o nome do álbum, mas queremos lançar uma enquete para ver a opinião da galera.


VC: Opa, então vem coisa boa aí, podemos usar nosso público nessa escolha?
Divon: Claro, sugestões exclusivas dos leitores do Arquivo Metal CWB.

VC: Bom, mudando um pouco de assunto, como vocês fazem a divulgação da banda?

Divon: Como todos nós temos horários complicados no trabalho, a divulgação maior fica pela internet: por email, orkut, myspace, MSN e afins.

VC: E vocês usam o metal como profissão ou apenas diversão?
Divon: Quem dera que a primeira opção fosse possível no estilo. Levamos a banda como trabalho sério, porém, a diversão não pode faltar no tempo em que podemos nos reunir para tocar.

VC: Mas então, quais são as atividades de vocês, trabalham com o que?
Divon: Eu trabalho com Webdesign; Celio, Anderson e Marcos trabalham na área industrial e Everton na área Adminstrativa.

VC: Já está confirmado a nova do At War, certo? Como está agenda da banda?
Divon: Exato. Confirmado o At War para o dia 21/08 (N.E. O Alcoholic DC fará a abertura). Este ano de 2010 foi o mais receptivo para a banda, tivemos ótimos shows e oportunidades, foi muito bom. Nossa agenda consta: Show no Teatro da Praça em Araucária, dia 17/07; no Hangar Bar, dia 24/07 e em Ponta Grossa junto com a Crusher, dia 31/07.

VC: Como vocês vêem a cena Metal underground de Curitiba?

Divon: Um tanto quanto difícil, se for comparar há alguns anos atrás. Temos excelentes bandas na região, de diversas vertentes do metal batalhando por espaço com som próprio, na minha opinião. Não acho justo as mesmas terem de disputar com covers. Não estou criticando a maneira como organizam os fests underground, apenas expondo que talvez se mesclassem as 2 categorias, haveria espaço para todos.

VC: Ainda sobre a cena metal da cidade, quais bandas vocês tem mais contato? Rola uma parceria nos shows e viagens?

Divon: Das bandas que temos mais contato da região são - Terrorzone, Crusher, Necropsya, Epilepsya, Sadsy. Sempre rola uma "camaradagem" nos shows e viagens, pois a união é a base de tudo.

VC: Chegamos ao final da entrevista, agradecemos muito a atenção e desejo sucesso para o trabalho de vocês! Deixe suas últimas considerações para o Arquivo Metal CWB e seus leitores, e o contato pra galera, que ainda não, conhece o som do Alcoholic DC!
Divon: Nós quem agradecemos ao apoio e a oportunidade. Desejamos todo o sucesso ao Arquivo Metal CWB e a seus leitores, e que continuem mantendo firme esse apoio que estão dando às bandas underground da região. Quem ainda não ouviu o som da Alcoholic D.C. acessem nosso myspace, http://www.myspace.com/alcoholicdc. Valeu!!!

3 comentários:

Anônimo disse...

Grande banda. Sou fã do som dos caras, que sao umas figuraças.

FICA 1 ABRAÇO

GUSTAFAH

Giardino disse...

Sucesso para os caras do Alcoholic DC pois o som é foda!

Caio disse...

Dá-lhe divon!!!!!!!!!!!!!!!!

Postar um comentário