22 de ago de 2010

Review: Thrash Metal Massacre III com At War

Por Vito Cuneo

Depois do show adiado, os thrashers de Curitiba ficaram felizes, pois o dia 21 de agosto entrou para história da cena metal da cidade. Para nossa equipe, foi um dia longo. Nossa jornada começou as 13h30, pois eu (Vito) e Jéssica, junto com Hamilcar  - produtor da Damar Production – recepcionamos a banda At War no Aeroporto Afonso Penna. Depois, lá por 15h30, um merecido almoço, junto com a banda e, à noite, o show. Os caras são gente fina, muito gente boa. Mas voltaremos a falar da banda ao final dessa matéria. Completando a noite, as bandas Alcoholic DC, Mad Attack (SC) Battalion (SC) e The Face agitaram a galera thrash de coletes e seus pets, tênis branco, antes da atração principal.

Alcoholic DC ------------------------------

Por volta das 21h40 começam os trabalhos com o som do Alcoholic DC. A banda já é conhecida no blog, foram os entrevistados da semana de 11 agosto. Os caras mostram a que vem, sem frescuras, matam a pau. Mandaram um set curto, como as demais bandas. Foram 5 músicas, mas o suficiente para o pequeno público, agitar e se prepararem para uma noite de puro thrash metal. Segue o setlist:

1. The living Dead
2. Alcoholic Supper
3. Sacred Beverage
4. Imminent Holocaust
5. Alcoholic Nights

Confira mais da banda no myspace – www.myspace.com/alcoholicdc

Mad Attack ------------------------------

Por volta das 22h20 e para um público maior, os catarinas do Mad Attack mantiveram a pegada da noite. Essa é uma ótima banda, mandaram o som mesclando covers e próprias, e os caras mandam bem. Destaco o cover de “Bonded by Blood” (Exodus) em que o batera fez o vocal. Tiveram que cortar duas músicas, devido a problemas na aparelhagem, mas nada que estragasse a apresentação do caras, que foi ótima. Segue o setlist:

1. Second War
2. Inner Self (Sepultura)
3. Total Fun
4. Bonded by Blood (Exodus)
5. In mosh we trust
6. Raining Blood (Slayer)

Confira mais da banda no myspace – www.myspace.com/madattack

Battalion --------------------------------

Por volta das 23h10 mais uma banda catarina. O power trio do Battalion também merece destaque. A essa hora da noite o público já era quase total e os caras aproveitaram, a galera subia no palco para fazer os mosh, perdi as contas de quantos rolaram. A banda conseguiu ferver a galera ansiosa. Segue o setlist:

1. Valley of the Dead
2. Soldiers of Shadows
3. Steel Avanger
4. Final Battle
5. Violence & Force
6. Invaders
7. Blood Circle
8. Battalion of Metal.

Confira mais da banda no myspace – www.myspace.com/battalionofmetal

The Face ----------------------------------

Por volta das 23h45, voltamos às bandas paranaenses. A banda The Face encerrou, em alto nível, as participações das bandas de abertura. Contaram com a participação do baixista Felipe Leite (Baixista da banda Crusher e colaborador do Blog). Assim como a primeira banda, mandaram um set bem curto. Poderiam ter tocado mais, pois nessa hora o público era quase total. Mandaram 5 músicas, que também foi o suficiente para manter os mosh's e a galera insana agitando. Confira o setlis:

1. Intro
2. Karm
3. Time for killing
4. Scream for Death
5. Face to Face

Confira mais da banda no myspace – www.myspace.com/thefacemetal

At War --------------------------------

Por volta de 1 hora da madruga, depois de uma boa regulada no som, para não queimar a cara com os gringos, sobe ao palco a atração principal da noite. Também em Power trio, e incrível, com a mesma formação desde o primeiro álbum, a banda At War é um exemplo vivo do thrash dos anos 80. O público total curtiu, agitou, fizeram mosh (que era contido pelos seguranças), e a banda parecia curtir a noite, pois agitavam junto e agradeciam o “carinho” do público quase em todas as músicas. Também fizeram um setlist curto, mesclaram uma cover, “Ace of Spades” do Motorhead e também foram prejudicados pela aparelhagem, pois de tantos mosh, acabaram desligando a guitarra. Mas nada que estragasse, pois quem foi embora cedo perdeu os autógrafos e fotos com a banda. Quem ficou teve esse privilegio. Esse é um dos motivos que considero uma ótima banda, pois, além de mandarem uma sonzera, os caras são simpáticos, sem estrelismo e vaidades. Destaco a música de abertura "Ordered to Kill" e a própria "At Wat". Segue o setlis:

1. Ordered to Kill
2. Rapechase
3. Assassins
4. R.A.F.
5. Ilsa
6. At War
7. Conscentous
8. Ace of Spades (Motorhead)
9. Creed of SNPR
10. Semper Fi

Confira mais da banda no myspace – www.myspace.com/atwartheband

Um comentário:

Anônimo disse...

E viva o Thrash Metal em Curitiba !!! Que venham outras bandas para que possamos presenciar. Total apoio à Damar que trouxe essa perola.

FICA 1 ABRAÇO

GUSTAFAH TERRORZONE

Postar um comentário