30 de nov de 2010

Review: Scarecrow (Avantasia Cover) e SoulSpell

Por Robson Maiocchi

A noite do dia 26 nos proporcionaria uma série de surpresas, algumas agradáveis e outras nem tanto. Uma série de lendas do metal brasileiro preparava-se para subir ao palco e fazer desta uma noite inesquecível, o que em partes aconteceu.


Scarecrow (Avantasia Cover)---------


A primeira banda da noite seria a Scarecrow, que executa covers da banda de metal opera Avantasia. Por um infortúnio do destino, a mesa digital da casa foi resetada (as configurações feitas foram todas perdidas), fazendo com que o som não ficasse com boa qualidade. No começo da apresentação os microfones estavam um tanto quanto baixos, enquanto a guitarra estava absurdamente alta. Depois de alguns acertos o som geral ficou razoável, permitindo às pessoas ouvirem com certa clareza. O setlist foi baseado nos dois projetos feitos por Tobias Sammet: “The Metal Opera” e “The Wicked Trilogy”. Destaque para Dying for an Angel, No Return, Avantasia e Breaking Away.


SoulSpell---------------------------------


Depois de alguns pequenos incidentes o projeto/banda de Heleno Vale subiu ao palco. Entre os integrantes do projeto estavam os irmãos Falaschi Tito (Illustria/ex-Symbols) e Edu (Angra/Almah/ex-Symbols), Mário Pastore (ex-Delpht), Mário Linhares (Dark Avenger) Iuri Sansom (Hybria), etc. O projeto fez um setlist baseado nas duas obras de Heleno: “A Legacy of Honor” e “The Labyrinth of Truths”, tendo como destaque as músicas Age of Silence, Adrift e The Labyrinth of Truths. Indiscutivelmente os pontos altos do show eram quando Mário Linhares e Tito Falaschi começavam a cantar, é incrível como os dois cantam maravilhosamente bem. Durante a apresentação os microfones falharam bastante, alguns estavam com o volume muito baixo, atrapalhando um pouco a execução das músicas. Pra terminar o projeto mandou um cover do Iron Maiden: “Can I Play with Madness” com Tito encarregando-se do baixo. Em resumo o show foi bem legal, penas que os problemas técnicos fizeram com que o show não fosse aproveitado 100%.

10 comentários:

Silvia disse...

.

Silvia disse...

Bem legal? foi um fiasco =( uma vergonha, O Edu chamou o bar de lixo no seu twitter, oq é uma vergonha para Curitiba...Falando que o local era um boteco que deveria tocar Forró! Assim não dá, shows desse nível tem que acontecer em locais melhores, som realmente de lá é uma porcaria. Não podemos queimar Curitiba para os shows que temos

Hamilcar disse...

bom eu levaria isso a serio se fosse alguem IMPORTANTE que tivesse falado isso... agora edu falaschi,ele tem sorte por não ter apanhado!!

Nyka disse...

Foi foda...e triste. Absurdo é o mínimo pra definir o que aconteceu nesse dia. Uma total falta de profissionalismo por parte dos organizadores. Assim não teremos bons shows aqui, mesmo! Vergonha!!!

Flav disse...

Silvia, ele diz que o que foi legal foi o show em si, o Soulspell no palco. Acho injusto dizerem que foi uma porcaria por causa das brigas e ofuscar o trabalho dos caras, que foi bem foda, apesar de toda a merda que aconteceu.

rock n´curitiba disse...

edu falacia.... taradão.. agarrando as muié a força no boteco que deveria tocar forro. entrando no banheiro feminino pra tentar arrumar um soco na cara e voltar pra midia.egocentrista que quer baba ovo aos pés dele como tem ai em ctba. um ridiculo falido, que não leva nem 70 pessoas num show. acabou com o angra, e um ser humano deprimente que xinga muito no twitter. pqp dar atenção a esse individuo é uma grande perda de tempo. e eu não perco mais o meu com esse que não vale a agua da vina.

Anônimo disse...

Putz sempre pensei q ele era viado, axo q o lance foi q ele entrou no banheiro feminino pra fazer xixi sentato, dae ele viu umas mulheres e gritou "Saiam daki suas mocréias senaum eu bato em vcs..."

Dae toda essa confusão.....hahahahhahahaa

Felipe Leite disse...

Sorte do Edu não ter tomado uns sopapos na cara mesmo. Faz merda, entra no banheiro feminino atrás da mulher dos outros e ainda quer posar de vítima ofendendo o bar. Profissionalismo (ou não) a parte, foi uma atitude ridícula digna de um grande imbecil!

Anônimo disse...

Ele entrou lá pra Kattah mulherada...

Anônimo disse...

O pior de tudo é o katah que tem q usar a imagem de um falido para conseguir algo. Ridiculo.

Postar um comentário