8 de abr de 2011

D.R.I., pra quem curte e também pra quem não conhece!


Banda norte-americana, oriunda do Texas, formada por Kurt Brecht (vocal) e Spike Cassidy (guitar) no começo dos anos 80. São considerados os criadores do estilo Crossover, uma mistura de punk com thrash-metal, o exemplo mais próximo no Brasil, seria o RDP, até hoje inigualável.

Pra quem não conhece, estou falando do D.R.I. (abreviação de Dirty Rotten Imbeciles).

As letras criticam o estilo de vida das pessoas e os governantes do mundo, com um peso e velocidade de dar inveja a muita banda nova que existe por aí. Podemos considerar de grande influencia para muitas bandas da cidade.

Seu álbum de estréia já contava com um clássico, "Violent Pacification", música título do álbum (o Slayer toca no seu álbum de covers). Mas os grandes lançamentos, sem duvidas, são "Crossover", "Four of a Kind", e "Thrash Zone". A discografia da banda também contém, "Definition" e "Full Speed Ahead", sendo esse o ultimo álbum de estúdio da banda, lançado em 1995. O mais curioso é que quase todos os álbuns, são de certa, maneira independente, pois os caras fundaram uma gravadora a Rotten Records. Existe ainda um álbum ao vivo (Live de 1994) e vários singles.

A banda já se apresentou duas vezes no Brasil, a primeira em 1991 e em 1995 no Dama Xoc com abertura do Korzus. Que inclusive, nessa ocasião, passaram por Curitiba. Duas observações chamam atenção no D.R.I., é a mesma pegada desde o inicio da carreira, e de maneira underground, além do fato, que a banda não lança nada oficial desde 1995, mas continua em turnê.

Vale a pena conferir “Crossover", "Four of a Kind", e "Thrash Zone", que com toda certeza, faz parte do setlist da banda.

Se você esta em duvidas e não tem ingresso, corra. O 1º Lote se esgotou e o 2º Lote custa (até o momento) $60. Até o show!

2 comentários:

Anônimo disse...

Grande banda... essa é do meu inicio no thrash, hardcore... só faltou citar o 2º disco (DEALING WITH IT) e corrigir o nome do 4º disco que é FOUR OF A KIND.

Vai ser um showzaço. Só temo pela qualidade sonora do local do show... espero que o som esteja, no minimo, decente. Quem nao conhece, que faça a correria necessaria e vá no show, pois vale muito a pena.

Fica 1 abraço

Gustafah (TerrorZone)

Vito Cuneo disse...

Ta corrigido camarada!

Postar um comentário