17 de mai de 2010

Joe Lynn Turner volta à Curitiba com a mesma pegada

Por Jéssica Casellas

O vocalista norte-americano Joe Lynn Turner (Deep Purple, Rainbow e Yngwie Malmsteen), voltou a Curitiba na última sexta-feira (14), no John Bull Pub com a The Blood Red Sky World Tour. O retorno, após sua passagem pela cidade em agosto de 2009, agradou os fãs que lotaram a casa.

Acompanhado por Andy Robbin (baixo), Betovani (guitarra), Garry King (bateria) e Bruno SA (teclado), Turner e sua equipe mostraram à Curitiba uma grande energia que contagiou a todos os fãs. Interagindo com a plateia, ele se dizia extremamente feliz por estar aqui e destacou a importância dos fãs em sua carreira.

A primeira foi "Death Ally Driver", que fez a público se agitar. Logo após começou "Perfect Strangers", que literalmente deixou os presentes impressionados ao relembrar os tempos do Deep Purple. Em seguida tivemos "I Surrender", “Street of Dreams" e "Man on the Silver Mountain". (Para relembrar Ronnie Dio que nos deixou neste Domingo 16/05)."Can't Happen Here", "Highway Star","Blood Red Sky" e "Stargazer".

Joe nos fez lembrar de seu tempo tanto no Deep Purple quanto no Rainbow. A galera cantou bonito com Joe no refrão, "Lazy" e "Black Night" do Deep Purple e, claro, a "Long Live". Em "Gates of Babylon" e "Long Live Rock and Roll" do Rainbow.

Destaque para Betovani que fez a galera pirar com toda sua atitude. Bruno Sa e Garry King que também impressionaram a todos os presentes com um dueto de teclado e bateria. Por fim tivemos "Spotlight Kid" e "Burn". "Stone Cold" ficou fora do setlist, mas foi um espetáculo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário