4 de jun de 2010

Darma Khaos: mineiros de Curitiba se apresentam no Metal A.D.I.D.A.S.

 
O Darma Khaos se apresenta neste sábado (5) no Metal A.D.I.D.A.S., que acontece pela primeira vez na capital paulista, ao lado de várias outras bandas de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. O convite para eventos de nível nacional, no entanto, não é o primeiro. Com o álbum "Marionettes", o Darma tem colecionado participações em outros festivais, incluindo em países sulamericanos, e abertura de shows, como na vinda recente da turnê conjunta das bandas Angra e Sepultura a Curitiba, em outubro do ano passado.

Talvez nem todos saibam, mas o som pesado e as letras agressivas em tom provocativo, são originários de Minas Gerais e não de Curitiba, onde a banda está radicada desde 2007. "Escolhemos Curitiba como nossa morada por questões estratégicas" - confessou o baixista da banda Eduardo Oliveira - "o eixo Rio/São Paulo se encontrava como difícil acesso e Curitiba se encontra próxima de países vizinhos onde fizemos uma turnê do primeiro álbum. O sul possui grandes festivais que pudemos participar como o River Rock, Bob Rock, em SC, e outros. Curitiba tem uma qualidade de vida boa, abriga um público forte do rock, metal e nos proporcionou novas amizades, muitos shows e aberturas de grandes bandas de renome nacional e internacional. Além da cidade ter ótimas oportunidades de emprego fora da música".

Uma mudança tão profunda (afinal, são mais de mil quilômetros de distância), poderia ameaçar a continuidade dos trabalhos e será que houve vantagem nessa escolha? "Com certeza saímos ganhando. Faz mais de três anos que estamos em Curitiba que agora é nossa casa. Nossa família continua em MG, porém, carregamos nossa bandeira por onde passamos, não negamos nossas raízes. Foram muitos anos tocando em casas de shows e festivais no sudeste e isto nos influenciou a mover por novos horizontes. O rock e metal andava muito desunido em 2006. Fizemos muitas reuniões e decidimos que após acabar de gravar o primeiro CD, mudariamos com a cara e coragem para Curitiba. Não foi fácil no começo a adaptação mais com o tempo deu tudo certo".

A cena curitibana, no entanto, não deixa de ter seus problemas em comparação com outras capitais. Para Eduardo, ainda falta mais apoio na divulgação das bandas e dos eventos por parte da mídia, de modo geral, e em termos de patrocínio.

Contudo, ao que se pode perceber, o frio de Curitiba, bem diferente de Minas, tem feito bem para a banda. Um novo material está pintando. No momento eles trabalham na pré-produção de um novo álbum e pretendem lançar o trabalho internacionalmente, onde haja mercado com boa perspectiva para venda de CD. Três novas músicas no myspace da banda dão uma mostra do que está por vir: "In shades", "Unfaced" e "Sick Aura".

Para ouvir acesse: www.darmakhaos.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário