28 de mar de 2011

Arquivo confere primeiro show do Livin Garden após tour pelos EUA

De volta ao Brasil, após a tour pelos EUA, o Livin Garden fez sua primeira aparição em terras curitibanas, comemorando os 20 anos do Hangar Bar, no último sábado (26). O Arquivo Metal CWB acompanhou o show e de quebra, bateu um papo sobre a experiência internacional da banda, com o baixista e vocalista Gabriel Canoro. 

Foram 14 shows. Os caras estiveram em várias cidades seguindo com um motohome por cerca de 40 dias. A tour, intitulada “Rockin' The USA: Where I Can Breathe Tour 2011”, permitiu à banda conhecer melhor o funcionamento da indústria musical lá fora e estabelecer importantes relações.

“Em termos de carreira, fizemos vários contatos, tivemos uma gama bem grande de divulgação do nome da banda e da nossa música. Agora temos uma equipe norte americana trabalhando com o Livin Garden em serviços de imprensa e distribuição e também já temos convite para voltar ano que vem.  Inclusive, hoje mesmo nosso CD foi disponibilizado no Itunes, Napster e CD Baby... Estamos trabalhando também em um novo aplicativo do Livin Garden para Iphone”, conta Canoro.

Convidado a dividir um pouco mais da experiência, ele completa: “Lá existe toda uma cena. Existem produtores, empresários, gravadoras... todos realmente dispostos a investir no Rock e em bandas boas. Modéstia à parte, foi o nosso caso. Nós fomos bem aceitos em todos os lugares, e vários destes produtores também vão a shows e conhecer novas bandas”.

Quanto ao show de sábado (veja setlist abaixo), quem esteve lá pode ver uma banda soando muito entrosada. O Livin Garden demonstra confiança e um som “redondinho” no palco, bastante fiel ao que pode ser ouvido no material gravado, porém, com a energia do ao vivo. Atributos importantes para uma banda que já deixou o amadorismo de lado há muito tempo. Não é a toa que eles fecharam a parceria com a Insano Booking, que viabilizou a ida deles para os EUA. A agência foi a responsável pelo agendamento das datas da tour.

A banda já planeja ainda para este ano o início dos trabalhos para o novo CD. “Estamos compondo as músicas novas e a previsão é que tenhamos quase um disco completo até julho. Aí entramos em estúdio e se não der pra lançar este ano, lançamos ano que vem e já emendamos na nova tour!”, finaliza Canoro.

Na mesma noite tocaram após o Livin Garden, a banda Rejection, cover de Pantera e que conta com o mesmo Gabriel Canoro no baixo e o baterista Krug. Em seguida, foi a vez do Diableros, trazendo o melhor do Brujeria.

Setlist
Pain
Crown of Thorns
Man in the box (Alice in chains)
Age of Lies
Where I can breathe
Sad but true (Metallica)
Bliding me
Don´t blame





Nenhum comentário:

Postar um comentário