23 de mar de 2011

Review: Necropsya – bandas fora da garagem

Projeto “Bandas fora da Garagem” foi um dos destaques de 2010, sem duvidas responsável pelo Necropsya ter sido escolhido como a melhor da banda de 2010 no Prêmio Ivo Rodrigues. A banda apresenta uma nova cara, mas o trio sabe o que faz e com muita qualidade. O Cd funciona mais como um EP, pois contem 5 musicas, então vamos a nossa analise de cada musica. (o que é uma tarefa muito difícil de fazer)

01 - We´re at War (3:57)
Ótima musica para começar um ótimo cd. Por falar nisso, a gravação é 100% profissional. O tema da musica é bem atual (Guerra ao Terror), e o som também segue nessa linha, misturando vocais limpos com sujos e solos de guitarras mais lentos. Como já disse, Necropsya apresenta uma nova cara, mas o trio sabe o que faz e com muita qualidade. Destaco também o pedal duplo, tudo muito bem alinhado.

02 - Holding On (3:20)
Me arrisco a dizer que esse é o hit do álbum, pois considero que essa musica tem tudo o que um hit precisa. Começando por um bom riff de guitarra e uma batera rápida, que explora bem, pedal duplo e se intercala com a guitar. Mais uma vez vocais limpos e sujos dão um toque especial a musica. Pra completar baixo pesado que preenche as lacunas e por fim a própria levada, que as vezes é porrada, as vezes mais lentas. Nota 10!

03 – Determinação (4:17)
Surpresa com o titulo? Pois é, não é só o titulo da musica que é em português, mas sim, toda a musica. Como diz o pré-refrão “o que você chama de dificuldade, eu chamo de oportunidade” ta ai a mensagem da musica e aposto que é a mensagem da banda também.

04 – Reddened (4:26)
Essa é uma das antigas, com cara das novas. Já ouvi essa Reddened quando a banda ainda era um quarteto. Mas gostei muito mais da nova versão, mais metal e mais rápida também. O melhor da musica é a guitar, com muitas cavalgadas e efeitos modernos. Ai o Bertol mostra bem suas influências.

05 – Prisioned (5:00)
Começo da musica é matador, me lembra muito o thrash alemão da atualidade, mas sem rotular os meninos porque o som é perfeito do começo ao fim, (tanto a musica quanto o cd). Essa é a mais longa e mais trabalhada do álbum. Com batera mais cadenciada e mais viradas também, mostrando que banda pesada não precisa tocar na velocidade da luz.

Bom, por enquanto é isso, como o cd é curto ficamos por aqui. Mas reforço que esse merece nota 10! Quem ainda não tem, tiver interesse, dando bobeira. As musicas estão disponíveis no
http://www.mediafire.com/?7t0m92g37lfr7ub

Nenhum comentário:

Postar um comentário