13 de ago de 2014

Review de CD: Livin Garden - Bring It On (2014)

2014 é um ano com muitos lançamentos interessantes de bandas da cena curitibana e paranaense em geral e temos aqui um deles. Segundo álbum de estúdio dos curitibanos do LIVIN GARDEN, "Bring it On" apresenta uma evolução notória da banda em relação ao seu antecessor.

Se em "Where I Can Breathe" (2009) tínhamos uma banda ainda buscando uma identidade entre um Heavy Metal de raiz mesclado com elementos do Southern Rock/Metal, apresentando momentos cadenciados bem sacados porém ainda carecendo de um pouco de amadurecimento, nesse lançamento a banda mostra um salto bastante interessante, a começar pela produção. Gravado em Curitiba e mixado nos EUA, o trabalho é sem dúvidas bem melhor produzido, seja no alinhamento dos instrumentos, nos vocais, no volume da gravação e nas composições em si.

"Rock n' Roll State Electric" abre o álbum com um Stonerzão bem animado, faixa ideal pra abertura. O som emenda com "Exile", outra música na mesma pegada só que com um andamento mais melódico e refrão pegajoso - som esse que tem grande potencial pra funcionar bem ao vivo, mostrando que a banda é capaz de compor hits de qualidade. Na sequência temos o primeiro single dos caras, liberado pra audição já há algum tempo, "Bring it Out" é uma típica música Southern Metal, desde sua intro passando pelo andamento, o solo típico, o groove e o refrão. Em seguida temos um momento mais alternativo, e ao ouvir "Out of Range" é impossível não associar a música à banda americana Creed, especificamente ao hit "My Sacrifice", inclusive com o vocalista Gabriel Canoro fazendo uma boa interpretação, mostrando uma evolução sensível em relação ao seu desempenho no trabalho anterior, de 5 anos atrás.

"One Step Closer" volta com o lado Southern, essa ainda mais típica que a faixa título, até me lembra alguma banda do estilo mas me fugiu no momento. "Who Cares" é a mais rápida do álbum, a mim a que menos chamou atenção, mas ainda sim uma boa música, não compromete. Em "Sing My Soul" temos mais uma boa interpretação vocal de Gabriel, em uma Power Ballad ele mostra aquela que é, na minha opinião, sua melhor qualidade que é o vocal limpo. "Let it Bleed" é a mais pesada, inclusive com um belo solo de guitarra. "Deep Waters" é mais uma balada, destacando mais uma vez o lado cadenciado da banda. Pra fechar "Sudden", outro som animado que termina o álbum com jeito de "queria mais". 42 minutos que passaram rápido.

Mostrando uma face bem definida, que é viajar entre o universo Southern/Stoner com pitadas de Hard Rock e Rock/Metal alternativo, "Bring It On" apresenta um trabalho bem executado, com boas composições e profissionalismo, haja vista até ter sido mixado em terras gringas. Talvez o timbre da bateria poderia ser melhor, talvez o peso pudesse ter mais ênfase, mas o resultado final é bom e firma o Livin Garden entre as principais bandas da terra das araucárias. Recomendo a audição!
  1. Rock N' Roll State Electric              
  2. Exile                                                
  3. Bring It On                                       
  4. Out of Range                                    
  5. One Step Closer                               
  6. Who Cares                                      
  7. Sing My Soul                                  
  8. Let It Bleed                                      
  9. Deep Waters                                 
  10. Sudden                                         
www.livingarden.com.br                                                             

Nenhum comentário:

Postar um comentário